SÍNDROME DE DIÓGENES OU ACUMULAÇÃO

O que é Síndrome de Diógenes ou Acumulação?

Trata-se de uma psicopatologia caracterizada pela aquisição compulsiva de objetos desnecessários, dificuldade em desfazer-se dessas posses mesmo que estas não apresentem mais utilidade ou causem desorganização, e desorganização do ambiente de convívio. Pacientes acumuladores tendem a guardar e armazenar itens aleatórios, acreditando que esses objetos poderão ter utilidade futuramente e apresentar algum valor financeiro ou afetivo, sentindo-se mais seguros ao guardá-los. Na maioria das vezes, o comportamento de acumular prejudica diversos aspectos da vida cotidiana, como o âmbito social e ocupacional, dificultando o convívio com esses indivíduos. Por isso, pessoas com características de acumuladoras acabam se isolando e, normalmente, relatam não se sentir confortáveis quando outros sujeitos frequentam sua residência.

 

Sintomas de Acumulação:

O transtorno de acumulação se diferencia do colecionar normal. Por exemplo, os sintomas do transtorno de acumulação resultam na acumulação de inúmeros pertences que congestionam e obstruem áreas em uso até o ponto em que o uso pretendido é substancialmente comprometido. A forma de aquisição excessiva do transtorno de acumulação, que caracteriza a maioria, mas não todos os indivíduos com o transtorno, consiste no acúmulo excessivo, compra ou roubo de itens que não são necessários ou para os quais não há espaço disponível.

 

Qual é o tratamento do Transtorno de Acumulação?

A psicoterapia concentra-se em localizar as causas da acumulação compulsiva, nomeadamente as raízes da ansiedade. Ao fazê-lo, é possível mudar aos poucos a mentalidade da pessoa afetada. O tratamento geralmente inclui uma combinação da psicoterapia com medicação.

 

Estatísticas:

Pesquisas relatam que 4% da população mundial apresenta esse transtorno, sendo conhecida, equivocadamente e muitas vezes, como doença de pessoas idosas. Acomete, porém, indivíduos de ambos os sexos, de todas as classes sociais, mas também adultos e jovens, associados a um determinado diagnóstico neuropsicopatológico, apontando para um forte declínio cognitivo, social, físico e funcional .

 

Como podemos ajudar no dia-a-dia?

O primeiro passo é buscar ajuda profissional psicológica. É possível ajudar alguém que tenha esse transtorno através da conscientização do indivíduo sobre os prejuízos em viver num ambiente de acúmulos exagerados. Também é importante promover a consciência do benefício da doação do que for útil, além da melhora na qualidade de vida.

 

CRISTIANY RAINHO MENDONÇA

☎ 11 98319-0695

Rua Siqueira Bueno, 1576 - Mooca, São Paulo - SP, 03173-010, Brasil

©2018 BY BELA PSICOLOGIA - CRISTIANY RAINHO MENDONÇA